quarta-feira, 8 de maio de 2013

Fracasso de Bilheteria: A Ilha da Garganta Cortada


Nem mesmo a qualidade do elenco salvou "A Ilha da Garganta Cortada" de se tornar um grande fiasco de bilheteria. Tanto que entrou para a história como o filme de maior prejuízo para uma empresa cinematográfica, levando a produtora Carolco Pictures à falência. O filme arrecadou apenas US$ 11 milhões nas bilheterias americanas, sendo que custou US$ 92 milhões para ser produzido.

Ficou nítida a falta de comando durante a produção do filme. O personagem William Shaw seria interpretado, inicialmente, por Michael Douglas, que desistiu do papel após Geena Davis solicitar uma maior participação de sua personagem na história. No embalo, Keanu Reaves, Liam Neeson, Jeff Bridges, Ralph Fiennes, Charlie Sheen e Michael Keaton também recusaram o papel de protagonista, que acabou com Mattew Modine.

Na época, Geena era casada com o diretor do filme, Renny Harlin, o que talvez explica a mudança no roteiro. Essa situação, porém, prejudicou a carreira da atriz, pois os convites para produções importantes cessaram. Harlim, por sua vez, passou a dirigir filmes de baixo orçamento. Antes de se separarem, o casal participou ainda do longa "Despertar de um Pesadelo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário