quinta-feira, 23 de maio de 2013

Museu de Cera

O Professor e sua Maria Antonieta

Vale lembrar que a película "Museu de Cera" (House of Wax) foi pioneira dentro dos estúdios Warner a utilizar o recurso do 3D, que era obtido através de um processo rudimentar chamado estereoscopia. Nesta obra de 1953, o ator Vincent Price interpretou o "Professor Henry Jarrod", um sensível escultor que buscava a perfeição de seus bonecos de cera, principalmente de sua "Maria Antonieta".

Os bonecos eram exibidos em um museu que passava por sérias dificuldades financeiras e são destruídos durante um incêndio provocado pelo sócio de Jarrod, que tinha como objetivo receber o dinheiro do seguro. O "Professor" tentou de todas as formas impedí-lo, mas acabou levando a pior numa briga.  

Deformado pelas chamas, o então delicado "Professor" perdeu a fé na humanidade e se tornou uma criatura obcecada pela beleza das formas de seus bonecos, passando a utilizar cadáveres reais por baixo da cera. Durante as noites, saía pelas ruas de Nova York cometendo crimes e assassinatos em busca de modelos para seu novo museu, sempre contando com a ajuda de dois capangas. 

Um deles é o surdo-mudo Igor, vivido por "Charles Bronson" em início de carreira. O outro é interpretado pelo ator "Nedrick Young", que teve seu nome suprimido dos créditos por fazer parte da lista negra do período do "macarthismo". Num elenco de qualidade, vale ressaltar ainda a presença da futura "Mortícia" do seriado "Família Addams", a atriz "Carolyn Jones", figurando como molde para a "Joana D'Arc" do museu. 

Todos sob a competente direção de André De Tooth, que conseguiu transmitir um clima de intenso suspense e terror através dos bonecos de cera. Num momento crucial da trama, Tooth teve de garantir ao ator Paul Picerni que a cena da guilhotina seria realizada em uma única tomada. Afinal, tratava-se de um aparelho verdadeiro, um capricho do então chefão Jack Warner.

Por uma  incrível ironia do destino, o diretor era cego de um olho e não podia ver o efeito do novíssimo recurso de terceira dimensão, que levou milhares de pessoas ao cinema para conferir a novidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário